Vovô  coruja  paulista

Trovas e acrósticos

Textos

Raciocinemos-2
Raciocinemos:

Os norte americanos, nunca foram exemplo de caráter, e é sabido que mentem bastante, principalmente em termos de politica externa, e sabemos também, que o presidente atual está com a popularidade abalada, portanto, precisando de um fato novo, para reverter este problema, como eles dizem, uma jogada de marketing. Como ajeitar,
arranjar,encontrar ou procurar um fato novo, bombástico? Fabricar a morte do Osama Bin Ladem no dia 1º de maio de 2011, como obra do governo Obama, e assim melhorar sua imagem perante a alienada população gringa. Só que não existem fotos, videos, filmes e o principal, não existe um corpo,cadáver, defunto, presunto do dito cujo.
Contam que o homem mais perseguido do planeta, morava na mesma casa, há mais ou menos 06 anos, no Paquistão, e ai chegamos a mais nítida conclusão que, ou o serviço secreto americano é muito mais imbecil do que pensamos, ou esta morte agora, nesta data, é uma deslavada mentira, morte não, assassinato, pelo que narram. Qual é a verdade? Os norte americanos criaram o super-homem, cuja identidade secreta é o reporter Clarck Kent e estão abestalhados desde setembro de 2001 ao descobrirem que a identidade secreta do Clarck Kent é justamente o Osama Bin Ladem, que deu uma verdadeira aula de logística aos incompetentes militares gringos que desde aquela época mais parecem um bando de baratas tontas, perdidos no dia e nos anos posteriores nas estapafurdias tentativas de captura. Afinal,
Osama Bin Ladem existiu como terrorista? Morreu? Quando? Como? Por quem foi treinado e instruido?
Terrorista mesmo, é o norte americano que em 06 de agosto de 1945 jogou uma bomba atômica na cidade de Hiroshima, matando na hora e ao longo dos anos,mais de cem mil pessoas, entre homens, mulheres e crianças mas sádicos e ordinários como sempre, trêz dias depois, apesar de ver a barbaridade que haviam cometido, em 09 de agosto do mesmo ano jogaram outra na cidade de Nagasaki, também com um número de mortos astronômico. Não foram objetivos militares, foram duas cidades com crianças, adultos e velhos de ambos os sexos. Isto aconteceu há 66 anos e de lá até hoje, em quantos conflitos estes malditos gringos já se envolveram, sempre fingindo que são vítimas?
Coreia, Vietnan, Afeganistão, Cuba, Iraque, Irã, etc. fora a intromissão em assuntos internos em qualquer pais. Quem é o verdadeiro terrorista mesmo?
Perto do crápula Harry Truman o sórdido ex presidente americano que autorizou o uso das bombas atômicas, Bin Ladem é quase santo.
Gilberto Eduardo Torres
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 05/05/2011
Alterado em 16/07/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras