Vovô  coruja  paulista

Trovas e acrósticos

Textos

LETRA P
Pedro Paulo Pereira Prado Pinto Peixoto, pobre pintor portugues, pinta por pouco preço, portas, portões, paredes, portais, palets, parques, paisagens, pufes, postes,pontes, painéis, pratos, pistas, pesqueiros, precisando procure, praça Proença, perto da Ponte Pequena no Piqueri, o ponto positivo de seu penhor, parte do pressuposto que poucas pessoas percebem sua péssima paternidade e parentes perversos possivelmente perniciosos pois são politicos posição perfeita para pensar previamente pelo povo pacíficante, prestativo e péssimo proporcionalmente pedindo paciência com os palermas e pessimistas prestadores profissionais procurados entre professores além de protéticos, policiais, prostitutas, pedreiros, prestamistas, pasteleiros, párias, pesquisadores, padeiros, pescadores, picaretas, prefeitos, promotores e pastores todos pecadores, mas parte desta parentela percebe por parte de pai, pensar e passar poucas e perfeitas participações em poemas e poesias pueris e participativas desde Pedro Primeiro, ponto
Gilberto Eduardo Torres e DEUS
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 07/07/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras