Vovô  coruja  paulista

Trovas e acrósticos

Textos

     DOIS CASAMENTOS!!
 
Tanto tempo de namoro,
Outro tanto de noivado;
Moro, choro, apavoro,
E já estou divorciado.
 
Fizeram bodas de ouro,
Numa festa retumbante;
Ele a chama de tesouro,
Ela o chamou de amante.
 
     NUNCA SE AFASTEM DE DEUS,E VERÃO QUE SE ENGANAM, TODOS AQUELES QUE DIZEM, QUE A SUPREMA FELICIDADE, NÃO EXISTE.
 
Gilberto Eduardo Torres e DEUS
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 29/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras