Vovô  coruja  paulista

Trovas e acrósticos

Textos

 IRMÃS QUERIDAS!
 
Hoje vi e aprendi,
O que é dedicação;
Milha e Bel eu senti,
Enorme abnegação.
 
Nylza e Nely enfermas,
Já passaram dos noventa;
Cada uma com seus problemas,
Que a doença apresenta.
 
Nylza com duas “mil” mãos,
Que não param um minuto;
Da um baile nos irmãos,
Com seu jeitinho astuto.
 
Na Nely o definhamento,
Avança com velocidade;
Mostra um abatimento,
Próprio da enfermidade.
 
Maria Emília e Isabel,
Vocês são impressionantes;
Pois conseguem ainda, por mel,
Em fatos tão estressantes.
 
Da pra ver o sofrimento,
Que envolve todo mundo;
É raro achar um momento,
Pra repouso, vagabundo.
 
A presteza com carinho,
Faz tamanha diferença;
Não conheço melhor caminho,
Que a generosa presença.
 
Uma certeza eu tenho,
No Céu vocês vão entrar;
Pois nos mostram um empenho,
 Bem difícil de encontrar.
 
     DEUS LHES PAGUE!!!!!!!!!!!!!!!
 
 
 
 
Gilberto Eduardo Torres e DEUS
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 17/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras